Uma Família Segundo o Coração de Deus (04/06/2015 – quinta)

UMA FAMÍLIA SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS
mensagem pregada pelo Pr. Marcelo Coelho Fernandes
Texto Bíblico: Gênesis 19.24-38
Não existe família perfeita! Todas as famílias têm problemas. É claro que algumas famílias conseguem ser mais ajustadas que outras, porém, nenhuma delas é perfeita! Às vezes somos enganados pela beleza exterior de uma família aparentemente saudável e perfeita. Entretanto, basta conviver com ela e você descobrirá que ela tem problemas iguais aos da sua família.
Em todos os lares há discussões, crises financeiras, falência da vida sexual, rebeldia por parte dos filhos e tantas outras situações que conspiram contra a saúde da família. E o mais interessado em tudo isso é o Diabo. Ele não perde tempo e está investindo pesado em estratégias cada vez mais ardilosas para destruir a família, porque ele sabe que, destruindo a família, a igreja de Cristo é destruída.
A família de Ló não ficou isenta dos problemas desta vida. Seu lar já havia sido tocado e machucado. Ele já havia perdido a sua esposa e agora vivia somente com as suas filhas numa caverna. A família de Jó foi tocada pela dor e pela desesperança.
A despeito de como esteja a sua família, das lutas que você tem enfrentado, das perdas que tem assolado sua casa, dos sofrimentos que parecem não ter fim e da aparente desesperança, hoje você pode decidir que sua família será uma família segundo o coração de Deus.
Olhando para a história de Ló e de sua família, podemos aprender algumas lições sobre como fazer com que a nossa família seja uma família segundo o coração de Deus. Ainda que a família de Ló, tenha fracassado em ser essa família segundo o coração de Deus.
Para ser uma família segundo o coração de Deus…
1. Decida NÃO VIVER os valores CORROMPIDOS da sociedade moderna
A família de Ló não foi uma família segundo o coração de Deus, porque tinha dentro de casa um SACERDOTE corrompido pela influencia do mundo que vivia.
“Então, saiu Ló, e falou a seus genros, aos que haviam de tomar as suas filhas, e disse: Levantai-vos; saí deste lugar, porque o Senhor há de destruir a cidade. Foi tido, porém, por zombador aos olhos de seus genros.” (Gênesis 19.14)
A dureza de coração dos genros de Ló está bem clara no fato de não terem feito nenhum caso das exortações que Ló lhes fizera.
Parece que Ló estava tão satisfeito entre os ímpios que seu testemunho já não possuía qualquer credibilidade. É interessante que aqueles que estavam tão próximos de Ló, que estavam constantemente dentro da sua casa, junto da sua família, foram exatamente aqueles que não deram nenhuma credibilidade ao que aquele chefe de família dizia.

NOSSO TESTEMUNHO PRECISA TER CREDIBILIDADE.

Aqueles que conhecem você o veem como um servo de Deus, ou você é mais um em meio à multidão passando despercebido? Ló estava diante de uma sociedade corrupta como a nossa, marcada pela prostituição, maldades, violência, mentiras, traições, etc. Suas filhas estavam noivas de rapazes que tinham valores diferentes daqueles que Deus tinha proposto para aquela família. Ló estava tão comprometido com os valores corrompidos da sociedade em que vivia que, quando fez uma afirmação, ninguém acreditou. Ele permitiu ser moldado pelo ambiente, ai invés de mudar seu meio.

Esposo, esposa, pai, mãe, filho, sua vida tem as marcas dos valores corrompidos deste mundo ou tem as marcas dos valores eternos ensinados pelo Senhor em sua Palavra? Suas escolhas, suas atitudes, seu comportamento revelam uma vida mais parecida com o mundo ou mais parecida com Jesus? Se você deseja fazer da sua família uma família segundo o coração de Deus vai precisar viver uma vida que não se conforma com os valores corrompidos desta sociedade moderna.

Para ser uma família segundo o coração de Deus…
2. Decida OLHAR para FRENTE e NUNCA para TRÁS
A família de Ló não foi uma família segundo o coração de Deus, porque nela tinha pessoas que ainda estavam presas a um passado.
“E a mulher de Ló olhou para trás e ficou convertida numa estátua de sal.” (Gênesis 19.26)
A esposa de Ló olhou para a cidade que estava em chamas. Ou seja, apegada ao seu passado, ela não estava preparada para abandoná-lo completamente. No entanto, tudo o que diz respeito à Sodoma e Gomorra do passado da nossa história precisa ficar para trás. Não tem como ser conduzido por Deus para outro lugar se estivermos ainda cativos com as coisas de Sodoma e Gomorra.
Nossa família não será transportada para outro nível espiritual ao ponto de ser uma família segundo o coração de Deus, enquanto tiver membros ainda presos a perversões, imoralidades, desvios sexuais, abusos e traições passadas, que constantemente os faz olhar para trás.
Se Deus fez a nossa família deixar Sodoma e Gomorra é porque Ele deseja nos conduzir a um novo ambiente, um novo lugar. Se Deus está conduzindo sua família para um novo lugar, pare de ficar remoendo as dores do passado. Decida olhar para frente.
Um homem inteligente disse certa vez: “Quem quer compreender a vida deve olhar para trás, mas quem quer vencer na vida, tem que olhar para frente”.
Em relação a nossa família, vez por outra precisamos olhar o passado e reconhecer que caminhamos juntos e conquistamos muitas coisas. Quantos desafios foram ultrapassados, quantas lutas foram vencidas, algumas lágrimas coletivamente choradas, enfim, é a nossa história de vida. Mas há momentos que precisamos tirar nossos olhos do passado, principalmente quando o passado vive remoendo dentro de nós o que o outro fez de errado conosco. Há pessoas que ainda estão vivendo os dramas do passado no presente de suas vidas. Vença o passado, ajuste o presente e olhe para o futuro na certeza de que Deus tem algo grande para realizar na sua vida e através da sua vida!
O problema da mulher de Ló foi que ela olhou para trás, num momento em que era para olhar para frente. A mulher de Ló escolheu olhar para trás quando deveria ter olhado para frente. Resultado: virou uma estátua de sal. O mais interessante do acontecimento é que ela havia sido avisada para não olhar para trás – (vs.15-17). Aqui aprendo uma preciosa lição – Não olhe para trás quando Deus mandou você olhar para frente.
Há muitas famílias que morreram no tempo e no espaço porque decidiram viver olhando para o passado. Mesmo diante dos avisos que foram dados, escolheram virar uma estátua de sal. Mude o foco da visão da sua família. É preciso olhar pra frente. É para frente que se vive, é para frente que se constrói, é para frente que se continua escrevendo uma história que vai terminar com um final feliz! Casamentos afundam quando um dos cônjuges só vive do passado, famílias afundam quando vivem o presente presas ao passado, sem perspectiva, sem esperança de um futuro melhor.
Não faça como a mulher de Ló, não engesse seu casamento, sua família, sua vida, vivendo só de passado. Olhe para frente, olhe para Jesus, a esperança da sua família. O escritor da carta aos Hebreus fez a seguinte declaração:
“Olhando para Jesus, autor e consumador da fé…” (Hebreus 12.2a)
Para ser uma família segundo o coração de Deus…
3. Decida CRER que DEUS transforma TRAGÉDIAS em BÊNÇÃOS
A família de Ló não foi uma família segundo o coração de Deus, porque suas filhas não entenderam que quando Deus tem um plano para nossa família, Ele não precisa de uma “mãozinha” para que esse plano se cumpra.
“E teve a primogênita um filho e chamou o seu nome Moabe; este é o pai dos moabitas… E a menor também teve um filho e chamou o seu nome Bem-Ami; este é o pai dos filhos de Amom.” (Gênesis 19.37,38)
Problemas em família não acontecem só uma vez na vida. Como dizia o Pr. Rick Warren: A vida é uma série de problemas. O problema é que, quando resolvemos um problema, sempre existe outro a nossa espera.
Essa família aqui é testemunha disso: como se não bastasse à perda trágica da esposa e mãe, mais tarde as duas filhas do casal, querendo preservar a descendência do pai, que era tradição religiosa da época, decidiram embebedá-lo e logo em seguida, uma após outra, fizeram sexo com o próprio pai, engravidando e tendo cada uma um filho dele. Que tragédia! Os filhos nascidos de Ló com suas próprias filhas seriam maldição e amaldiçoados por causa do incesto. Era algo monstruoso o que elas haviam feito.
Porém, veja o que aconteceu: o filho da filha mais velha se chamou Moabe, que foi “pai” da raça moabita, povo de religião e costume diferente. E, no futuro Deus, transformou aquilo que no passado era uma maldição, uma tragédia em bênção. Como isso aconteceu? Anos mais tarde, dos moabitas nasceu uma mulher chamada Rute, que veio a crer no Deus verdadeiro e de sua linhagem nasceu o Salvador do mundo: Jesus!
Deus transformou aquela maldição em bênção; Deus transformou aquela vergonha em exaltação; Deus transformou aquela tragédia em vitória; Deus transformou aquela destruição em salvação.
Não importa o que já aconteceu e o que você tem olhado em sua família como maldição ou tragédia, o poder de Deus, o sacrifício da cruz pode transformar qualquer circunstância humilhante e dolorosa em algo positivo, maravilhoso e abençoador. Escolha somente crer.
CONCLUSÃO:
Você sente que sua família ainda não é uma família segundo o coração de Deus? Você ainda está preso aos valores deste mundo? Você ainda está olhando para seu passado? Você ainda se sente marcado pelas tragédias que chegaram à sua vida? Hoje Deus quer trazer restauração para sua vida e para a vida de sua família. Hoje, Deus quer tomar de volta a direção do seu viver e da sua casa. Hoje sua família pode ser uma família segundo o coração de Deus. Basta que você tome as seguintes decisões:

  • Decida pela santidade dos VALORES ESPIRITUAIS;
  • Decida OLHAR PARA FRENTE, deixando o passado de dor para trás.
  • Decida CRER que tragédias podem ser transformadas em BÊNÇÃOS.

 

Rolar para o topo