Uma Igreja Ativa nas Casas

SÉRIE “A IGREJA DE DENTRO PARA FORA” | 02/05
UMA IGREJA ATIVA NAS CASAS

mensagem pregada pelo Pr. Marcelo Coelho Fernandes

“Todos os dias, no templo e de casa em casa, não deixavam de ensinar e proclamar que Jesus é o Cristo.” (Atos 5.42)

A Igreja nas casas é um princípio bíblico. Durante os três primeiros séculos da era cristã, a igreja não tinha templos. Foi neste período que ela experimentou o maior crescimento de sua história. A célula é um dos melhores ambientes para ganhar e consolidar novos discípulos de Jesus. O livro de Atos descreve de forma precisa:

“Todos os dias, continuavam a reunir-se no pátio do templo. Partiam o pão em suas casas, e juntos participavam das refeições, com alegria e sinceridade de coração, louvando a Deus e tendo a simpatia de todo o povo. E o Senhor lhes acrescentava todos os dias os que iam sendo salvos.” (Atos 2.46,47)

Nós como igreja entendemos plenamente o valor deste modelo bíblico e incentivamos a cada pessoa a fazer parte da nossa igreja família estando ativamente numa célula.

Sendo assim, quero desenvolver três princípios poderosos que podem nos ajudar a ser constantes em nossa jornada de fazermos discípulos através de uma igreja ativa nas casas por meio das células apostólicas. Quero aplicar os princípios da experiência da mulher samaritana com Jesus. Quero tirar desse encontro princípios que estão plenamente conectados com uma igreja ativa nas casas através das células apostólicas.

Uma igreja ativa nas casas…

1. TESTEMUNHA e CONVIDA aqueles que quer alcançar.

“Venham ver um homem que me disse tudo o que tenho feito. Será que ele não é o Cristo? (…) Muitos samaritanos daquela cidade creram nele por causa do seguinte testemunho dado pela mulher: Ele me disse tudo o que tenho feito.” (João 4.29,39)

Quem diria que aquela mulher samaritana, pecadora, seria tão rapidamente restaurada e se tornaria uma colaboradora do Reino! Foi a partir desse encontro com Jesus que essa mulher decidiu repartir com as pessoas o que havia experimentado. É impossível sermos impactados pelo evangelho de Jesus e ficarmos da mesma forma. O nosso testemunho sempre atrairá outros para a presença de Jesus.

Uma igreja ativa nas casas…

2. ENSINA e CUIDA daqueles que foram alcançados.

“Assim, quando se aproximaram dele, os samaritanos insistiram em que ficasse com eles, e ele ficou dois dias. E por causa da sua palavra, muitos outros creram.” (João 4.40,41)

Jesus, que estava apenas de passagem em Sicar, decidiu não apenas parar e transformar o futuro daquela samaritana, mas ensinar e cuidar daqueles que acabaram de ser alvo do testemunho e convite daquela mulher. Jesus valorizou o trabalho daquela samaritana. Ele valoriza o trabalho de um discípulo. Aqueles que haviam aceitado o convite para conhecê-lo não poderiam ficar sem ensino e cuidado. Eles precisavam passar por um processo de discipulado para se tornarem discípulos maduros para expansão do Reino.

Uma igreja ativa nas casas…

3. EMPODERA e ENVIA discípulos para missão.

“Sem o empoderamento e envio de discípulos, a missão de ir ficará estagnada em nós.”

Quando se trata de empoderar e enviar, Jesus é o nosso exemplo maior. Veja sua percepção espiritual para o momento em que eles estavam vivendo. Ele disse aos seus discípulos mais maduros: “Vocês não dizem: Daqui a quatro meses haverá a colheita? Eu lhes digo: Abram os olhos e vejam os campos! Eles estão maduros para a colheita. Eu os enviei para colherem o que vocês não cultivaram. Outros realizaram o trabalho árduo, e vocês vieram a usufruir do trabalho deles.” (João 4.35,38).

Conclusão:

O que você precisa fazer hoje para contribuir com a Comissão de Jesus de fazer discípulos de todas as nações? Ore para que em um ambiente de uma igreja ativa nas casas o Senhor te conduza a ser um fazedor de extraordinários discípulos de Jesus.

Uma igreja ativa nas casas…
1. TESTEMUNHA e CONVIDA aqueles que quer alcançar.
2. ENSINA e CUIDA daqueles que foram alcançados.
3. EMPODERA e ENVIA discípulos para missão.

Rolar para o topo