Usa-Me

USA-ME

mensagem pregada pelo Pr. Marcelo Coelho Fernandes

“Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim.” (Isaías 6.8)

Antes de ser usado como profeta de Deus, Isaías teve uma experiência profunda com Ele, onde viu a sua glória, e isto fez toda a diferença em sua vida e seu ministério. Da mesma forma, precisamos também de uma experiência com Deus que gere em nós transformações significativas para que Ele possa usar nossa vida nesse tempo. A partir do encontro de Isaías com Deus o que podemos aprender nesta manhã?

Para ser usado por Deus…

1. Tenha uma EXPERIÊNCIA PESSOAL com Ele.

“No ano da morte do Rei Uzias, eu vi o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono, e as abas de suas vestes enchiam o templo.” (Isaías 6.1)

Nesse texto há um detalhe interessante: O Profeta diz: EU VI. Ninguém contou para Isaías. Ele presenciou, ele vivenciou o fato. É de extrema importância que você tenha uma experiência pessoal com Deus.

Para ser usado por Deus…

2. Enxergue a Sua SANTIDADE.

“Serafins estavam por cima dele, cada um tinha seis asas: com duas cobriam o rosto, com duas cobriam os seus pés e com duas voavam. E clamavam uns para os outros dizendo: Santo, Santo, Santo é o Senhor dos exércitos; toda terra está cheia da sua glória.” (Isaías 6.2,3)

Os anjos declaravam que Deus é santo por três vezes. Esta é uma grande revelação do caráter de Deus: Sua santidade. Em uma época em que a decadência espiritual e moral do povo havia atingido o seu apogeu, era importante que Isaías visse a Deus em toda sua santidade. Nós precisamos contemplar a santidade de Deus. Todo encontro com Deus é uma chamada para santidade. É impossível ter esta experiência e não ser possuído por um desejo intenso de viver uma vida de santidade.

“Não podemos servir a Deus com excelência se nos faltar santidade.”

Para ser usado por Deus…

3. Amplie seu senso de HUMANIDADE.

A experiência de Isaías mostra que o homem não tem como ficar indiferente ao se deparar com a revelação que Deus faz acerca de si. Quando alguém contempla a glória de Deus e tem uma percepção da Sua santidade, depois acaba olhando para si mesmo e vê a sua miserabilidade. Foi exatamente isso que aconteceu com Isaías.

“Então, disse eu: Ai de mim! Estou perdido! Porque sou homem de lábios impuros, habito no meio de um povo de impuros lábios, e os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos exércitos.” (Isaías 6.5)

O pecado separa o homem de Deus. Quando pecamos, a comunhão com o Criador é quebrada. Essa comunhão somente é restaurada quando reconhecemos quem somos e confessamos o nosso pecado para Deus. A Bíblia diz: “Se, porém, andarmos na luz, como ele está na luz, mantemos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado… Se dissermos que não temos pecado nenhum, a nós mesmo nos enganamos, e a verdade não está em nós… Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça” (1ª João 1.7-9).

“Isaías só alcançou o estágio do ‘eis-me aqui’, depois que ele passou pelo processo do ‘ai de mim’.”

Para ser usado por Deus…

4. Anseie por ser PURIFICADO.

“Então um dos serafins voou para mim, trazendo na mão uma brasa viva, que tirara do altar com uma tenaz… com a brasa tocou a minha boca e disse: Eis que ela tocou os teus lábios; a tua iniquidade foi tirada, e perdoado o teu pecado.” (Isaías 6.7)

Só a glória de Deus me mostra a minha insignificância e ela tem os recursos para curar as minhas debilidades para cobrir as minhas fraquezas. Pergunto: Onde é que o Senhor precisa tocar você nesta manhã? Em que área da sua vida você precisa ser tocado com a brasa viva? O Senhor irá tocar onde é necessário tocar.

Para ser usado por Deus…

5. Enfrente os PROCESSOS para ser ENVIADO.

“Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim.” (Isaías 6.8)

O envio de Deus nunca precede a restauração espiritual. Primeiro Ele nos restaura e depois no envia. No entanto, por que Ele faz isso? Porque vida com Deus é mais importante do que vida para Deus. Vida com Deus vem antes do trabalho. Consagração vem antes do ministério. Só depois que Isaías viu a glória de Deus e foi perdoado é que pôde ouvir o desafio de Deus para fazer sua obra. Entenda uma coisa:

“Deus não empurra ninguém de qualquer jeito para a sua obra.”

Conclusão:

Para ser usado por Deus…
1. Tenha uma experiência pessoal com Ele.
2. Enxergue a Sua santidade.
3. Amplie seu senso de humanidade.
4. Anseie por ser purificado.
5. Enfrente os processos para ser enviado.

“Deus quer nos usar, mas primeiro Ele quer nos curar.”

Rolar para o topo