Estudo 15 – Ame a Deus

Estudo 15 (2021) – Ame a Deus
Série: O QUE JESUS ESPERA DOS SEUS SEGUIDORES
Semana de 20 a 26 de junho
(Clique aqui e faça o download do arquivo)

“Respondeu Jesus: O mais importante é este: Ouve, ó Israel, o Senhor, o nosso Deus, o Senhor é o único Senhor. Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todo o seu entendimento e de todas as suas forças.” (Marcos 12.29-30)

Hoje teremos como tema e foco principal de estudo o amor de Deus e suas implicações para a nossa vida diária. O amor a Deus é colocado como maior e principal mandamento bíblico. Seja no Antigo ou Novo Testamento, a Bíblia nos apresenta um lindo e doce convite de Deus para o aprofundar e mergulhar em um amor intenso. O amar expresso neste contexto e segundo as palavras de Jesus, passa pelo coração, alma, entendimento e força, nos levando a crer que, depois do sim ao convite gracioso de Deus, podemos então partir para a mais linda jornada em nossa vida. Jonh Piper diz em seu livro: “Jesus parte do princípio de que amar a Deus significa amá-lo por quem ele é, e essa visão de Jesus acerca de Deus está presente em tudo o que ele diz”.

Diante desta verdade, será que temos amado a Deus da maneira que ele merece? Além disso, qual será o impacto que o amar a Deus tem gerado em nossos relacionamentos? Que hoje possamos decidir crescer em nossa relação de amor com Deus, que possamos contemplar Sua beleza incomparável, para que assim, como resposta a este amor, possamos ver uma mudança “horizontal” em todas as áreas de nossas vidas. Quanto mais eu amo a Deus, o mundo a minha volta é transformado.

O amar a Deus é fundamental, pois…

1. Nos leva a CONHECÊ-LO cada dia mais (João 14.6-7). Quando amamos genuinamente somos levados a conhecer de forma mais profunda. É como em um casamento: quanto mais profundo o conhecimento, maiores serão as possibilidades de amar.

2. Nos permite viver RELACIONAMENTOS SAUDÁVEIS (Marcos 12.31). John Piper diz: “Amar a Deus é o primeiro mandamento. Amar o próximo é o segundo. O primeiro é o principal e não depende de nenhuma obediência. O segundo é de menor importância e depende de amar a Deus.”. O amar ao próximo sempre fica mais fácil quando já experimentamos do amor de Deus. A saúde de nossos relacionamentos é fruto do nosso amor por Deus. Vivemos dias de profundo egoísmo em uma sociedade individualista, onde a mídia, de forma geral, nos leva a crer que podemos tudo sozinhos, desde que acreditamos em nós. Mas, como contraponto desta sociedade, estamos convictos de que precisamos de relacionamentos saudáveis para irmos mais longe. Você tem amado o seu próximo com base no seu amor por Deus? Os teus relacionamentos tem refletido paz, paciência, mansidão e outros frutos do Espírito Santo?

3. Nos mantém AQUECIDOS em nossa MISSÃO (Mateus 24.12). Amar a Deus é um mandamento que nos protege mesmo com o passar do tempo e na chegada dos dias de maiores lutas. Assim como a lenha mantém o fogo acesso, nosso relacionamento de amor genuíno com Deus manterá nossa paixão forte e nosso amor constante por Cristo e sua igreja.

CONCLUSÃO: Estes três pontos o ajudarão a fazer uma autoavaliação sobre como você tem vivido este mandamento de Jesus. Que neste dia possamos amar a Deus com toda intensidade do nosso coração.

• Para reflexão: Em sua opinião, por que o amor de Deus deve ser acompanhado do conhecimento acerca de Deus? De que forma você pode amar seu próximo? O que você pode fazer hoje para que seu amor não esfrie?

• Para oração: Ore para que seu amor aumente ainda mais em sua vida!

• Para aplicação: Tome cuidado para que seu amor não esfrie nesse tempo tão dificil que vivemos. Vamos manter a chama acessa!

• Para indicação: Leitura do livro “O QUE JESUS ESPERA DE SEUS SEGUIDORES”, de John Piper, Ed. Vida.

Rolar para o topo